• Catarina Correia

A menopausa na perspectiva da Medicina Tradicional Chinesa

Atualizado: 5 de mai. de 2020


Primeiramente precisamos de perceber que a perspectiva oriental apresenta uma visão diferente da ocidental, embora, a meu ver, e isto é uma opinião pessoal, ambas se cruzam no seu caminho explicativo.

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), livros como Su Wen datado historicamente como escrito no século III a.C., faz referência aos sete ciclos de sete anos presentes na vida da mulher. “Quando a menina alcança os 14 anos, o Tian Gui chega, o Ren Mai abre, o Chong Mai floresce, a menstruação começa e ela é capaz de conceber”.

Estamos a falar do ciclo menstrual no seu todo e em total harmonia com os ritmos biológicos. É claro que nem sempre a menarca é iniciada aos 14 anos, como conseguimos percecionar na experiência prática, porém estamos a falar de ritmos ideais, ritmos perfeitos. É importante percebermos, antes de mais, o ritmo de cada mulher e o que a leva a iniciar a menarca mais tardiamente ou precocemente. O tratamento individual e holístico leva-nos a compreender que tudo tem uma razão de ser e que tudo tem influxo no nosso corpo e na nossa saúde, ou seja, no nosso equilíbrio.

O Tian Gui é a essência geradora que permite que as mulheres e os homens alcancem a capacidade da fertilidade. Esta essência origina-se nos Rins (falamos de energia) juntamente com o apoio da essência adquirida através dos alimentos.

“Aos 49 anos, o Ren Mai esvazia-se, o Chong Mai esgota-se e o Tian Gui seca, a passagem da Terra (útero) não está aberta, então a fraqueza e a infertilidade alojam-se”. Os sete ciclos de sete anos (7x7=49). Falamos aqui de uma menopausa normal e não de uma menopausa precoce, essa consideramos patológica e as formas de intervenção são diferenciadas.

Alguns profissionais de MTC fazem a comparação do Tian Gui, na mulher, com a atividade do ovário e do estrogénio na perspetiva ocidental. Os ciclos são idênticos, relativamente ao aparecimento e ao declínio de funções e ação.

Após o declínio da energia, certas manifestações surgem. Entre as manifestações que mais desconforto provocam estão os afrontamentos. Cerca de 80% das mulheres sentem esta manifestação quando entram neste período das suas vidas. Outra manifestação muito frequente trata-se das variações de humor. Os picos entre sentimentos como alegria e tranquilidade, rapidamente e facilmente se cruzam com sentimentos de tristeza e fúria. Esta instabilidade emocional, juntamente com uma panóplia de outras manifestações, levam a mulher a um estado de desgaste muito debilitante.

A Medicina Tradicional Chinesa, entra nesta fase da vida de muitas mulheres. Mulheres que procuram algo para conseguir aceitar e assumir esta etapa que tem tanto para ser uma fase muito bela, tranquila, de autoaceitação e autoconhecimento.


#Menopausa #Acupuntura #MedicinaTradicionalChinesa #SaúdedaMulher #TratamentoAlternativoComplementar #Consultas

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo